Aposentadoria – Como ter uma aposentadoria tranquila

Olá amigos da blogoesfera,

Aproveitando as discussões que estão em pauta sobre a reforma previdenciária, irei postar uma série de post sobre o tema ao longo deste mês

Irei abordar não só como funciona a aposentadoria atual e como a mesma deve ficar se forem aprovadas as melhorias, bem como montar sua própria aposentadoria e não precisar depender das migalhas “dadas” pelo governo quando você finalmente conseguir se aposentar (isso se você estiver vivo até lá).

aposentado
A gente trabalha para garantir uma velhice tranquila, e não uma velhice com mais trabalho!

Nosso sistema de previdência pública é um “modelo falido” e insustentável ao longo do tempo, principalmente quando existe um envelhecimento da população, ou seja, quando um país passa a diminuir o número de bebês e crianças (que irão contribuir para o sistema previdenciário ao longo de sua vida)  e aumentar o número de idosos (que irão usufruir da aposentadoria).

Vemos hoje em dia em alguns países (como Itália, Canadá, Países Nórdicos, e agora até no Japão), o incentivo ao nascimento de novos bebês, a fim de reverter o envelhecimento da população do país a fim de evitar a quebra, ou o aumento do rombo no previdenciário.

O Brasil AINDA não tem uma população majoritariamente idosa, mas o problema aqui é agravado devido a corrupção.

A série será dividida em 3 partes, a saber:

  1. A Aposentadoria atual e Reformas previstas
  2. Benefícios e Deficiências da Aposentadoria Privada
  3. Investir para Aposentar – Como montar sua própria aposentadoria 

Além de ser o tema do momento, esse tema por ser um dos motivadores da minha iniciativa no mundo dos investimentos.

Como sabem, não sou um funcionário registrado CLT (e nem quero), e por algum tempo contribuí para o nosso sistema de previdência publica (INSS) mas desisti ao perceber que não ia conseguir chegar na idade necessária para aposentadoria, visto que a cada ano são feitas reformas a fim de aumentar o tempo mínimo de contribuição.

Meu pai, mesmo contribuindo mais de 30 anos para o sistema, ainda não conseguiu sua aposentadoria pública por ser novo para os padrões previdenciário, mas já não trabalha mais pois conseguiu formar uma RENDA PASSIVA com aluguéis de imóveis, o que lhe permite pagar todas as contas do mês e ter um padrão de vida frugal.

Esse é meu exemplo!

O problema é que hoje é muito difícil comprar uma casa a fim de aluga-la, o valor é muito alto e o aluguel já não compensa o valor investido.

A saída hoje é investir e conseguir uma RENDA PASSIVA que nos permita parar de trabalhar sem depender das migalhas do governo, e é isso que quero difundir a vocês nesta série de posts.

Um abraço e Sucesso 😉

Anúncios